REVISTA GUAIAÓ
  • Vida na Vila

[ Vida na Vila ]

TODAS AS SOMBRAS SÃO NEGRAS

Por José Roberto Torero
Fotografia de Mário Cravo Neto

Deus da cabeça_MÁRIO CRAVO NETO_GUAIAÓ 03

Mas Sombra não era claro e translúcido. Era negro. Para entrar em campo, os dirigentes o aconselhavam a cobrir-se com uma grossa camada de talco, maisena e outras substâncias embranquecedoras. Tudo ia bem e o time vinha ganhando todas as partidas, até que um dia os céus conspiraram. No meio do jogo desabou uma chuva in­cle­mente. O talco, a maisena e as outras substâncias embranquecedoras ­escorreram pelo corpo de Sombra e pôde-se ver que ele era negro. Os dirigentes disseram que nada sabiam, que haviam sido enganados, que tinham sido traídos. Com os torcedores foi diferente. Na partida seguinte, vieram todos pintados de negro.

Voltar ao topo